Kinross inaugura museu interativo da história de Paracatu

Kinross inaugura museu interativo da história de Paracatu

A mineradora Kinross inaugurou nesta quarta-feira, 25 de outubro, a Casa Kinross, um espaço que apresenta a história de Paracatu e da mineração desde o século 18 até os dias de hoje.

A Casa, localizada na rua Rio Grande do Sul, nº 700, funciona como um museu interativo, que faz um resgate histórico e contextualiza todo o processo de desenvolvimento econômico e cultural da cidade, por meio de memórias e registros. O local também servirá como um espaço cultural e de convivência.

Todo o processo de produção da Casa foi desenvolvido pelo Museu da Pessoa de São Paulo, instituição referência no setor cultural e responsável por mais de 250 projetos de memória no Brasil e no exterior. “A equipe do Museu da Pessoa conversou com gente ligada à cultura local, historiadores, agricultores, funcionários antigos da Kinross, fontes que ajudaram a resgatar as memórias que serviram como base para o Museu”, explica a gerente sênior de comunicação da Kinross, Ana Cunha.

Para a historiadora e coordenadora de projetos do Museu da Pessoa, Márcia Ruiz, um projeto como esse é extremamente importante para a comunidade, que poderá conhecer a sua história e seu patrimônio cultural e físico. “Quando eu vim para cá, eu não esperava encontrar uma produção cultural tão grande. Isso me surpreendeu bastante. Paracatu tem grandes memorialistas, historiadores, que contam a história da cidade. Um espaço como esse vai permitir que as pessoas se apropriem desse conhecimento, dos saberes, e passem a valorizar ainda mais a sua história e a sua identidade”.

O conteúdo da exposição é retratado de três formas: a cidade de Paracatu, a história da mineração na cidade e em Minas Gerais e o desenvolvimento econômico. A exposição está dividida em painéis, com a linha do tempo, além de 316 imagens e 32 entrevistas em vídeos. Todo o material audiovisual está distribuído em sete TVs, onde os visitantes poderão conhecer a história da cidade contada nas entrevistas dadas pelos moradores. Foi produzido ainda dois documentários, um sobre a mineração e o outro sobre a vila de Paracatu.

Parte do conteúdo produzido para a Casa Kinross pode ser visto no Portal Museu da Pessoa. A Casa Kinross será aberta três vezes por semana e as visitas serão agendadas através do e-mail casakinross@kinross.com. O local também receberá o projeto “Por dentro da Kinross”, que semanalmente atende estudantes de universidades e escolas da região que visitam a mineradora.
________________________________________________________
Curta nossa página no FACEBOOK e nos siga no INSTAGRAM!

 

1Comentário
  • Fátima Botelho Lotti

    26/10/2017 at 17:03 Responder

    Não poderia deixar de comentar o qto essa empresa danifica o meio ambiente em Paracatu…e agora presenteia a cidade com esse museu….isso está de cheirando a um “cala boca” ???ou estou enganada???

Publicar um comentário